Saque FGTS Coronavírus

Foi anunciado pelo Governo, através de uma medida provisória, a liberação do saque FGTS coronavírus a partir do dia 15 de junho. Assim sendo, o objetivo é ajudar os trabalhadores que estão sendo afetados pela crise do covid-19, doença causada pelo coronavírus. No entanto, por ser uma medida recente, há muitas dúvidas sobre esse valor que será liberado. Por conseguinte, pensando em lhe ajudar, veja abaixo mais informações importantes referentes ao saque FGTS coronavírus.

Saque FGTS CoronaVírus

Saque FGTS CoronaVírus

Saque FGTS Coronavírus

O FGTS, também chamado de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, como próprio nome já deixa entender, é fundo desenvolvido pelo Governo Federal para formar uma espécie de reserva financeira para o trabalhador. Então, para isso, o deposito é realizado todos os meses pela empresa e ele equivale a 8% do salário, ou seja, não há desconto do trabalhador.

Assim sendo, por conta do coronavírus, muitos trabalhadores estão sendo afetados e como medida para diminuir esse impacto, foi divulgado a liberação do saque FGTS coronavírus.

Dessa maneira, a liberação será de até R$ 1.045,00 e terão início no dia 15 de junho, mas o saque poderá ser realizado até o dia 31 de dezembro de 2020.

Além do FGTS, o Governo Federal também está disponibilizando o CoronaVoucher, um auxílio de R$ 600,00 a uma classe específica da população.

Quem tem Direito ao Saque FGTS Coronavírus?

Antes de qualquer coisa é fundamental entender quem tem direito ao saque FGTS coronavírus. Afinal de contas, ele não está disponível para todo mundo, sendo necessário se encaixar nos requisitos que foram estabelecidos pelo Governo.

  • Desse modo, é essencial entender que o saque vai beneficiar somente os trabalhadores que tenham renda menor.
  • Portanto, só vai receber esse FGTS aqueles que trabalham de carteira assinada e que tenham até cinco salários mínimos de saldo no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Assim sendo, o dinheiro ficará disponível no dia 15 de junho até o dia 31 de dezembro, caso não seja retirado, o valor voltará para a cota do fundo.

Fique atento: Saiba como fazer o cadastro do Auxílio Emergencial.

Como Sacar o FGTS?

Como já era de se imaginar, os saques poderão ser realizados de contas ativas e também inativas. Só para se ter uma ideia, cerca de 60,2 milhões de trabalhadores devem receber esse benefício. Então, a dúvida principal é como sacar o FGTS.

Então, é essencial entender que quem tiver conta corrente ou poupança, o dinheiro já vai entrar de forma automática na conta, isso a partir do dia 15 de junho.

Veja também: Como baixar o aplicativo de cadastro do Auxílio Emergencial

No mais, é fundamental ficar atento as informações do Governo Federal, pois o saque FGTS coronavirus ainda é algo novo.

Como Sacar o FGTS

Como Sacar o FGTS

Confira também outro benefício oferecido pelo Governo nesse momento de crise, o Auxílio Emergencial.

Calendário de Saque FGTS Coronavirus

Nesse caso, o valor do saque poderá ser de até 1.045 por trabalhador, diferente de antes do saque imediato, onde o previsto era de até R$ 998,00. Com relação ao calendário do pagamento, foi determinado que os valores entrarão nas contas no dia 15 de junho.

Então, o trabalhador terá até a data de 31 de dezembro 2020 para realizar a movimentação do dinheiro. Por conseguinte, caso não seja feito até esse prazo, o valor do FGTS voltará novamente a conta e não poderá mais ser utilizado.