Auxílio Emergencial

Desde que o Coronavírus foi considerado uma pandemia e a necessidade de isolamento foi imposta pelo governo, muitas pessoas cobram uma resposta de ajuda financeira. Sabemos o quanto a pandemia trouxe prejuízos para diversas famílias com postos de trabalho fechados e por isso o auxílio emergencial (também conhecido como “coronaVoucher“) foi lançado, mas como é recente, diversas dúvidas ainda surgem. Saiba mais sobre o auxílio emergencial em nosso artigo de hoje.

Auxílio Emergencial

Auxílio Emergencial: Pagamento e Regras para Receber R$600

O que é Auxílio Emergencial?

O nome já nos remete sobre o intuito desse programa que é justamente proporcionar um valor de emergência para as pessoas que estão com dificuldades em executar seu trabalho devido a pandemia.

Como as pessoas sem carteira assinada e sem renda fixa são as mais atingidas, o benefício vem para aliviar danos.

O auxílio pode acontecer por até três meses.

O que é Auxílio Emergencial

O que é Auxílio Emergencial


Valor do Auxílio Emergencial

Como mencionado, o auxílio emergencial pode ser recebido por até 3 meses e o seu valor é de R$ 600 e até dois membros da família podem receber esse valor.

Em famílias onde a mulher é a responsável por todas as contas, sendo a única fonte de renda, o valor é dobrado e essa família poderá contar com R$ 1.200 nos três meses.


Quem tem Direito ao Auxílio Emergencial?

Nem todas as pessoas podem receber tal auxílio, já que o programa foi pensado para trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), contribuintes individuais da Previdência Social e desempregados.

Além de se encaixar nessas categorias é necessário:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Não ter emprego formal;
  • Não receber nenhum benefício previdenciário ou assistência (com exceção ao Bolsa Família);
  • Ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo, ou o total de todos os membros da família ser de três salários mínimo;
  • Não ter recebido rendimentos que possam ser tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano de 2018.
Quem tem Direito ao Auxílio Emergencial

Quem tem Direito ao Auxílio Emergencial


Como Receber Auxílio Emergencial

Quem está devidamente cadastrado no Cadastro Único não precisa se preocupar em realizar o cadastro para o auxílio emergencial. Porém, quem não possui tal cadastro precisa entrar no site oficial da Caixa ou baixar o aplicativo.

  • Se você não tem certeza sobre o cadastro no Cadastro Único consulte pelo aplicativo do auxílio emergencial, informando seu CPF.
  • Procure no sistema IOS ou Android por “Caixa Auxílio Emergencial”, dentro do aplicativo terá um questionário para verificar se a pessoa está realmente apta para receber.

É um procedimento realmente rápido e o dinheiro será repassado em etapas. A primeira etapa tem como prioridade quem possui Cadastro Único e tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil.

Quem realizou o cadastro pelo APP pode receber o auxílio em até 48 horas depois do registro e os beneficiários do Bolsa Família devem começar a receber a partir do dia 16, sem precisar fazer nenhum cadastro específico para isso.

O auxílio pode ser sacado em casas lotéricas, além dos bancos citados anteriormente, o Banco da Amazônia e o Banco do Nordeste também entram na lista.

Como é algo novo, alguns ajustes podem ir acontecendo ao longo dos dias.